top of page

Como montar o primeiro currículo de TI?

Atualizado: 4 de abr.

Um dos primeiros passos para ingressar em uma das áreas de TI é a preparação de um currículo impactante, o que gera muitas dúvidas nos candidatos que ainda não possuem experiência. Por isso, se este é o seu caso, confira essas dicas!


Pessoa com currículo em mãos durante videochamada

Imagem: Freepik


O que não pode faltar no primeiro currículo de TI


Leia também: Como preparar um bom currículo para vagas de TI? com dicas de Lorena Gritten Rocha, Gerente de R&S da Ahoy.

 

Primeiramente, todo bom currículo deve conter informações claras, verdadeiras, bem revisadas e formatadas. Mas, especialmente no caso dos candidatos que ainda não possuem experiência, alguns pontos merecem atenção, como:

 

  1. Objetivo profissional claro Especifique qual cargo ou área tem como objetivo profissional.  

  2. Seção de habilidades em destaque Destaque suas habilidades técnicas e conhecimentos relevantes para a posição desejada. Isso pode incluir linguagens de programação, ferramentas, sistemas operacionais e soft skills. Lembre-se de incluir também habilidades não técnicas, como trabalho em equipe e comunicação. Nesse sentido, outra dica importante é especificar seu nível de conhecimento em cada habilidade como básico, intermediário ou avançado.  

  3. Projetos pessoais e acadêmicos Mesmo sem experiência profissional, você pode destacar projetos pessoais e acadêmicos relacionados à TI. Descreva de maneira sucinta as tecnologias utilizadas, principais desafios e as soluções implementadas. Além disso, mencione qual foi o seu papel no resultado obtido.

  4. Educação e certificações Destaque sua formação acadêmica, mencionando outros cursos e certificações relevantes para a posição desejada.  

  5. Proatividade e autodidatismo Demonstre sua proatividade mencionando cursos online, workshops ou eventos que tenha participado por iniciativa própria. Isso ressalta sua autodisciplina e vontade de se manter atualizado em um setor em constante evolução.  

  6. Projetos open source e contribuições Se envolver em projetos open source é uma maneira excelente de adquirir experiência prática. Caso tenha contribuído para projetos no GitHub ou participado de hackathons, mencione essas experiências para mostrar seu engajamento na comunidade.  

  7. Idiomas e ferramentas de comunicação Além das habilidades técnicas, destaque os idiomas que você fala e as ferramentas de comunicação que domina. O inglês, por exemplo, fará toda a diferença em sua carreira.

 

Dicas bônus da Refatorando


A Refatorando by Belago é uma plataforma de cursos online de tecnologia, que dá todo o suporte para os alunos se prepararem para o mercado de trabalho. Por isso, seus idealizadores Marco e Roger também já gravaram vários conteúdos com dicas valiosas que podem te ajudar a montar seu primeiro CV. Confira o vídeo aqui.


Nele, Marco Gabriel dá dicas como:


  • Evite informações irrelevante como endereço completo, CNH e outros documentos

  • Priorize as informações indispensáveis como cidade e estado, telefone, WhatsApp, endereço de e-mail e perfil do LinkedIn

  • Um portfólio no GitHub, por exemplo, também pode ser um aliado importante

 

Quer colocar em prática essas dicas? A Refatorando possui um modelo de CV no Canva que pode te ajudar. Clique aqui.

 

Tenha um perfil campeão no LinkedIn


Seu LinkedIn é tão importante quanto um bom currículo. Por isso, invista na preparação, revise as informações, mantenha-o atualizado e compartilhe suas ideias e experiências.

 

Currículo pronto? Fique de olho nas vagas da Ahoy e boa sorte!

Comments


bottom of page